Coala Notícias

Reajuste do preço da gasolina

Não é novidade para nenhum brasileiro a grande variação no preço da gasolina nos últimos anos. Não somente a gasolina, mas também os outros combustíveis e até mesmo o gás de cozinha.

Mas qual o motivo desse aumento? É impossível dizer que há apenas um motivo que causou tamanha alteração em seu valor.

Portanto, nesse post vamos tentar explicar quais foram as razões que levaram a esse reajuste. Confira:

Política de Paridade Internacional (PPI)

Voltando alguns anos atrás, durante o governo Temer, mais precisamente em 2016, a Petrobras foi inserida no mercado internacional aderindo a PPI.

Antes dessa adesão, o preço dos derivados do petróleo dentro do mercado brasileiro não variavam junto com o valor do barril.

O aumento do valor era contido utilizando o caixa da Petrobras para cobrir a diferença entre os preços.

Porém, com o tempo, essa prática passou a gerar prejuízos para a empresa, o que levou o antigo presidente a tomar essa decisão.

Com isso houve a adesão da política de paridade internacional que faz com que a empresa nacional não tenha mais o poder de interferir no preço dos derivados dentro do país.

Isso significa que o preço dos produtos finais do petróleo variam de acordo com o preço do barril de petróleo internacionalmente.

Inicialmente, essa adesão aumentou a competitividade do Brasil no mercado petrolífero internacional. Como resultado, a Petrobras teve um aumento em sua faturação.

Com isso, a implantação dessa política conseguiu atingir seu objetivo inicial que era diminuir a dívida da Petrobrás.

Por outro lado, essa política possui um grande ponto a se levar em consideração, que é o fato do comércio dos derivados do petróleo serem comercializados seguindo o valor internacional, que é cotado em dólares.

Desse modo a desvalorização do real fez com que seu valor caísse muito em comparação ao dólar. Após a implantação dessa política, o mercado interno passou a seguir o preço do barril de petróleo.

Logo, todos os seus subprodutos também sofreram reajuste no preço, sendo que o que mais causou impacto no bolso da população foi o gás.

Alta do dólar

Um dos maiores motivos para a variação no valor do dólar após o início da pandemia no Brasil se deve a dificuldade que o país teve em lidar com ela.

Outra razão que influenciou bastante foi a falta de estabilidade da economia brasileira, isso tende a levar os investidores a retirarem seus investimentos do país para evitar prejuízo.

Quando isso acontece, o país perde parte do capital investido nele, o que contribui para a queda do dólar.

Esses são apenas alguns dos motivos que influenciam no valor da moeda. Desse modo, devido a implantação da PPI o valor dos derivados do petróleo no mercado interno brasileiro passou a seguir as variações do valor do barril internacional.

Porém, internacionalmente o barril de petróleo é cotado em dólar, o que faz com que os preços dos derivados também sejam baseados no valor do dólar.

Devido ao fato do real estar muito desvalorizado em relação ao dólar, isso acaba fazendo com que o preço da gasolina suba bastante.

Aumento da procura

Com a pandemia, as pessoas foram impedidas de viajar, portanto, a demanda pela gasolina e outros derivados do petróleo diminuiu.

Logo, assim que a vacina foi liberada, as pessoas puderam retomar os hábitos de viajar, o que aumentou a demanda.

Visto que o preço internacional do petróleo é manipulado pelas produtoras, e elas perceberam a crescente procura pelo produto, resolveram combinar a subida do preço para reaver o prejuízo causado pela pandemia.

Impostos

O Brasil é um dos países que mais paga impostos no mundo, e isso também se reflete no preço dos combustíveis.

Atualmente, aproximadamente 50% do valor pago no combustível são puramente impostos. Esses impostos se mantiveram perto de 50% do valor, porém o valor base da gasolina aumentou.

Dessa maneira, como a base do cálculo dos impostos aumentou, isso acabou provocando um aumento no valor final do imposto, e consequentemente a variação do preço do combustível.

Consequências

A variação de preço dos combustíveis afeta a economia brasileira como um todo, tanto os produtores quanto os consumidores, mas porque isso acontece?

O Brasil é um país que durante a época em que as rotas de transportes estavam sendo planejadas, o investimento foi todo voltado para as rodovias.

Desse modo, o principal método de escoamento de mercadorias do país é por meio de carretas.

Como o combustível utilizado por elas é derivado do petróleo, seu aumento faz com que o valor final do frete seja aumentado.

Por conta disso, o valor final das mercadorias acaba sendo afetado, ou seja, o aumento do combustível está diretamente ligado ao setor comercial.

Sendo assim, o preço do combustível está diretamente ligado à inflação, pois o aumento no valor do combustível influencia no valor das mercadorias.

Outro setor que também foi muito afetado, foram os motoristas de aplicativo, pois o valor das corridas permaneceu o mesmo, o que faz com que algumas corridas não consigam se pagar, visto que o combustível gasto acaba ficando mais caro que o valor ganho por ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.