Coala Notícias

Valerato de Betametasona: como usar? Descubra aqui!

É normal quem apresenta alguma afecção cutânea, pesquisar sobre valerato de betametasona como usar.

Se você é uma dessas pessoas, pode ficar despreocupada porque vamos explicar tudo sobre valerato de betametasona, não só a forma de usar, mas também as indicações, efeitos secundários, cuidados antes de usar…

Portanto, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas.

Valerato de betametasona: para que serve?

Antes de saber sobre valerato de betametasona como usar, para que serve esse medicamento?

O valerato de betametasona pode ser indicado por médico dermatologista no tratamento de dor, controle, prevenção e melhora das doenças, afecções e sintomas abaixo:

  • Lúpus eritematoso discoide, caracterizado por manchas arredondadas vermelhas de bordas bem definidas na pele;
  • Dermatite de contato, que é uma inflamação na pele devido à alergia ou contato com agentes irritantes;
  • Eczemas;
  • Tratamento de dermatite esfoliativa, caracterizada por vermelhidão e descamação na pele;
  • Picadas de inseto;
  • Brotoejas.

Valerato de betametasona: como usar?

Para saber sobre valerato de betametasona como usar, é importante compreender que existe a versão pomada, creme e loção, e a forma de uso é a mesma:

Aplicar uma ou duas vezes ao dia, por no máximo 4 semanas, e ao longo desse período, recomenda-se reduzir a frequência de uso ou substituir por um tratamento com uma formulação menos potente.

No caso de lesões mais resistentes, como no caso de placas espessas de psoríase nos joelhos e cotovelos, pode aumentar a frequência, mas sempre sob supervisão médica.

O tratamento com valerato de betametasona deve ser descontinuado gradualmente após haver o controle da afecção.

A pomada é indicada para lesões secas, escamosas ou liquenificadas. Já o valerato betametasona creme é mais adequado para superfícies úmidas ou exsudativas.

No caso da loção, é mais apropriada para o tratamento de áreas pilosas ou quando uma aplicação mínima em uma área extensa é exigida.

Em todos os casos, aplicar uma fina camada e espalhar suavemente utilizando uma quantidade suficiente apenas para cobrir toda a área afetada.

Se os sintomas piorarem ou não houver melhora dentro de 2 a 4 semanas, o tratamento e o diagnóstico devem ser reavaliados pelo médico dermatologista.

Como age o valerato de betametasona?

O valerato de betametasona é um corticosteroide que apresenta grande atividade contra os sintomas de inflamação e coceira causados por doenças de pele.

Apenas lembrando que o tratamento não deve ser mantido por mais de 7 dias sem supervisão médica, e nem interrompido sem o conhecimento do seu médico.

Quais os efeitos colaterais de valerato de betametasona?

Agora que você está a par sobre valerato de betametasona como usar, alguns efeitos colaterais podem ocorrer:

  • Mudanças na pigmentação e coloração da pele;
  • Irritação da pele;
  • Crescimento excessivo dos cabelos

Quem não pode usar valerato de betametasona?

O uso de valerato de betametasona é contraindicado em pacientes que apresentam alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Também é contraindicado nos seguintes casos:

  • Tratamento de acne, rosácea, dermatite perioral, prurido sem inflamação;
  • Inflamação ou coceira nas regiões do ânus ou genital;
  • Doenças de pele em crianças com menos de 1 ano de idade.

Quais os cuidados antes de usar valerato de betametasona?

Antes de utilizar esse medicamento, informe ao seu médico se faz uso contínuo de algum remédio, se tem alguma alergia, doença pré-existente e até as condições de saúde, por exemplo, se está grávida, se tem uma cirurgia programada…

Com base nessas informações, seu médico vai poder orientar melhor quanto a valerato de betametasona como usar.

Isso porque, dependendo do seu estado de saúde, pode haver um risco maior a algum efeito colateral.

Vamos supor que seu médico dermatologista tenha lhe prescrito este medicamento para tratar uma dermatite de contato. É importante informá-lo se usa algum outro remédio ou se tem alguma alergia.

 

Entenda aqui também: Cirurgia de varizes: como é feita, quais os tipos e preços

Conclusão

Entendendo agora sobre valerato de betametasona como usar, assim como suas principais indicações, reações adversas e contraindicações, é essencial seguir todas as orientações do seu médico a fim de potencializar os efeitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.